segunda-feira, 18 de março de 2013

Kali Tatuagens hindus - Desenhos, Significados e Fotos de tatuagens

Na Índia, muitos mitos e lendas evoluíram ao longo dos séculos para explicar as forças da natureza e o funcionamento do universo e seu impacto sobre a existência humana. Kali, uma deusa-mãe de terrível aparência, passou a simbolizar morte, destruição e dissolução. No panteão de divindades hindus, ela é também a "Mãe Terrível", aquela cujo poder ameaça perturbar o equilíbrio do universo.
Não é  surpresa que Kali  tenha sido associada  ao perigo e ao colapso da ordem, e que ela também passasse a ser associada aos criminosos e outros elementos que ameaçavam a estabilidade social.
"Kali é retratada em esculturas e pinturas como o símbolo da noite que 'engole toda a existência ". Ela é mostrada nua, com uma cobra enrolada ao redor dela, e vestindo um 'guirlanda' de crânios. Suas características mais reconhecíveis são  sua língua vermelho-sangue saindo de forma agressiva através de presas afiadas. Com quatro braços, ela tem mãos suficientes para segurar uma espada e a cabeça de um demônio, fazer gestos de coragem e também de conferir benefícios.




*Seu nome significa "tempo", sugerindo transitoriedade, ou poder supremo do tempo sobre toda a vida. Toda a vida na Terra é finita. Kali nos lembra de que não podemos escamotear ou ignorar esse fato simples.
Kali também vai além do medo. Como tal, ela é invocada por aqueles que buscam a liberdade do medo. Ao contrário de outras deusas-mães que dão vida, Kali é o símbolo de alguém que se dissolve ou destrói a vida. Ela é mostrada em piras funerárias com chacais e duendes. Seitas que reverenciam Kali alegam que, reconhecem todos os aspectos da existência, incluindo a morte, a destruição, medo e - em vez de evitá-los - os crentes são libertados da angústia existencial e dos laços que mantêm-nos na ignorância. Hoje, muitos ocidentais interpretam Kali como a destruidora do ego, vendo isso como um passo para uma vida livre de limitações do ego. Para muitos, ela é também um poderoso símbolo dos aspectos femininos, que, quando ignorados ou negados, tornam-se ferozes, levando a um desequilíbrio da energia cósmica.
No movimento nacionalista do final do século XIX, Kali representava a Deusa-Mãe, símbolo da Índia. Kali apareceu no mundo - de acordo com algumas histórias antigas - como a personificação da ira de outras divindades. Kali provocou  Shiva com tal violência e destruição que a terra tremeu, e sua dança se tornou tão selvagem e louca que a própria estabilidade do cosmos foi ameaçada. Uma lenda diz-nos que Kali brotou da testa de Shiva imediatamente sedenta de sangue e fora de controle.
Algumas seitas de adoradores de Kali reverenciam-na como a vitória sobre Shiva, enquanto que aqueles que veneram Shiva acham que é  a única capaz de acalmar a ferocidade de Kali. A visão equilibrada é que a harmonia cósmica é conseguida através da união de ambas Shiva e Kali. Kali é responsável por uma história sombria de sacrifício humano em partes da Índia, que terminou sob o domínio britânico. Kali é particularmente popular em Bengala, onde muitos belos templos existem para honrar esta divindade terrível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário