quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Tatuagens de Vespa e abelha - Desenhos, Significados e Fotos de tatuagem

A humanidade tem tido uma longa história com as abelhas e vespas. Há evidências arqueológicas que datam de pelo menos dez mil anos que os primeiros seres humanos reuniram mel pelo doce que continha. Há até mesmo a possibilidade de que os neandertais podem ter praticado uma forma primitiva de apicultura, e é bem conhecido entre os primatólogos que os não-humanos primatas avidamente procuram fora e consumir o mel, por isso não há razão para acreditar que são diferentes. Temos provavelmente vindo a perseguir o "doce vida" desde a aurora dos tempos.



Para esclarecer, a abelha é uma vespa, apenas suave, e ambos tiveram um longo relacionamento com a humanidade como amigo e inimigo. A primeira morte registrada a partir de uma picada de vespa foi a do faraó egípcio, Menes, mais de 2.000 anos antes de Cristo. Naquela época, as abelhas eram o símbolo da alma, e seu mel foi colocado nas tumbas como oferendas sagradas para os mortos. A hornet encontrou-se destaque na crista imperial dos faraós. Enquanto isso, os antigos gregos chamado de "Melitta" a abelha, "Mãe Querida Deusa significado. Porque a abelha aparece para morrer no inverno e na primavera volta - eles realmente hibernam no ramo - que também se tornou o símbolo da morte e do renascimento.
Há muitos relatos históricos de abelhas e vespas sendo empregados como munição na guerra. Os antigos maias jogaram colméias de vespas e abelhas para atacar tribos, assim como os romanos e gregos, que, inclusive, catapultou-os para os navios inimigos. Há referências na Bíblia para enxames de vespas e marimbondos sendo usado em retribuição divina! Depois, há o velho irlandês conto de uma mulher, por volta de 500 dC, que usou contra os ladrões de gado. Enquanto as colmeias foram tratados como armas, foi o mel da abelha que foi usado na cura e no tratamento da ferida.
Crenças primitivas alegam que abelhas foram enviadas do céu. Por causa de sua capacidade de encontrar o caminho de casa ao longo de grandes distâncias, a abelha veio para representar a alma. Ele ficou para a sexualidade e castidade, assim como a fertilidade e cuidado, e há muitas histórias de crianças pequenas que estão sendo protegidos por abelhas. Matar uma abelha sequer foi acreditado para trazer má sorte. Na Irlanda, o mel de vinho foi pensado para ser a bebida da imortalidade e, conseqüentemente, as abelhas estavam protegidas por lei. Na Inglaterra, no entanto, uma velha superstição encorajou as pessoas a matar a vespa primeira da temporada. Protegia-lo de seus inimigos, para esse mês, pelo menos.
Não é nenhuma surpresa que a abelha tem sido apresentada como um símbolo de ordem social, diligência e limpeza. Nós todos vimos como elas trabalham incessantemente entre as flores, polinizando e coleta de mel. Para muitos, a abelha se tornou o símbolo do bem, e por causa de seu trabalho incansável, os cristãos adotaram como o símbolo da esperança. Na França, ele foi reconhecido como o símbolo real. Napoleão tinha abelhas de ouro costurados em seu manto de coroação, e ele veio para simbolizar a família e governo. A vespa tarântula gavião foi adotada como o inseto oficial do Novo México. Ela ganha o prêmio de envergadura, podendo chegar a 5 polegadas (12 cm).
A abelha tem aparecido na cunhagem de civilizações antigas, e a imagem foi esculpida em  telhas das casas, talvez porque seu ferrão foi visto como útil para aliviar a dor nas articulações. Hoje, a abelha é um grande favorito em design contemporâneo, popular em jóias e tecidos em todo o mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário